Friday, September 28, 2012

Braziliana

Bilingual post -English - Português. 

If you are a foreigner living in Amsterdam and would like to watch a good Brazilian movie - English subtitles-   do not miss this opportunity: Neighbouring Sounds in Rialto (Ceintuurbaan 338). By the way, on Sunday 30th Sep. at 14h45 there is live Brazilian music and a cocktail bar afterwards.
Visit HERE to know more about it, while the link lasts.
See you there !

Neighboring Sounds premiered in the U.S. to rave reviews. Due for release in Brazil in November, the movie is being pegged as a turning point in Brazilian cinema. (read more HERE)




***** 
Interrompemos a nossa programação normal de relato das minhas férias para anunciar :

Hapjes, drankjes & live muziek bij Neighbouring Sounds

O filme brasileiro O Som ao Redor (The Neighbouring Sounds) vai estar passando no Cine Rialto (Ceintuurbaan 338) de Amsterdam. Domingo às 14h45 sessão especial. Após o filme, música ao vivo e um coquetel bar. O filme está recebendo críticas excelentes e eu vou tentar estar lá com maridão (ou só - se minha sobrinha não quiser dar uma de baby-sitter...) . Se você é brasileiro e está em Amsterdam passa lá !
Clique AQUI para saber mais - enquanto o link durar !


Neighbouring Sounds
Update 30th September:

Vi o filme, gostei. Mas olha:  não vai agradar todo mundo. Nem rico dorme tranquilo no Brasil, todo mundo vive numa permanente tensão. E todo mundo está sempre bem próximo de todo mundo. De resto, gostei de relembrar a doçura das pessoas, ver o interior das casas, a importância das relações familiares e todo mundo de Havainas hahaha !
****
O fim é estranho.

****
O Rialto em Amsterdam passou por renovação e está uma graça, tinindo.
****
Comprei umas coxinhas caríssimas (2,50EUR a unidade, afs!) e maravilhosas Acho que um terço da platéia de hoje era de brasileiros (manjo de looonge).
****
Recomendo o filme.
Com coxinhas depois então... ficou divino !

 Bar at Rialto Theather, Amsterdam

Afterwards, two Brazilian ladies were selling soup, coxinhas and caipirinhas.
Hubby and I bought coxinhas for ourselves and also took some more to my kids.


Monday, September 17, 2012

The Dordogne River

Bilingual post, English -Portuguese.

When in the Dordogne region I suggest you go... canoeing along the Dordonge river ! To be exactly, in the Perigord Noir (called "black" because of its dense florests. And yes, there is a green, purple & white Perigord as well, haha).  It takes aproximately 4h at an ease pace. Especially in the little city of Le Bugue, there are signs everywhere about where to park your car and when the departures (with a bus) happen. We had already for years some folders at home, describing the route, prices, schedules. My husband was waiting my little girl to becom 6 years old and getting her swimming diploma before we could go canoeing in France.

Se você tiver algum dia na vida planos para visitar a região da Dordonha na França, sugiro que faça um passeio de caiaque pelo vale do rio Dordonha, mais especificamente no Perigord Noir ("negro" por se área de densas florestas.  E também há um Perigord verde, púrpura e branco, hehe !). O passeio dura umas 4h se você remar num ritmo tranquilo. Especialmente na cidadezinha de leBugue, há muita sinalização e publicidade sobre esse passeio. Em qualquer vilazinha se você visitar um centro de turismo há vários folhetinhos sobre esse tipo de passeio, indicando aonde ir de carro para estacionar, os preços e horários de sáidas dos ônibus. O ônibus leva os turistas afoitos ao longo do rio até o ponto onde os caiaques estão. Dali você tem que voltar remando até aonde seu carro está estacionado.  Meu marido já tinha vários folhetos em casa e estávamos esperando o dia que minha menina completasse 6 anos e tirasse o diploma de natação para podermos fazer esse passeio.  



 The kids were surprised the French call this type of boat "canoe"and not a kayak.
 
 As crianças comentaram que o que na Holanda se chama "caiaque" na França se chama "canoa". E em portugues há os dois, não ? Nem saberia dizer qual a diferença entre um e outro.
 
 
This afternoon spent in water was calm and of great beauty. I just got another perpective of the area I already knew so well from the margins. Suddenly, after the roman bridges and florest the landscape changes and what you see is a succession of grottes and prehistorical site, castles (5) and villages made of the stones from the hills.

A "viagem"é tranquila e linda, ao longo de florestas nas margens. De repente a paisagem muda e o que se vê é uma sucessão de sítios e grotas prehistóricas e castelos medievais (cinco no total). Aliás esse passeio também é chamado de "rota dos cinco castelos". Bom, depois que a gente mais ou menos já tinha passado pelos castelos e já tinha comido e feito vários xixis as crianças queriam chegar logo e remamos num ritmo bem mais rápido sem parar durante uma hora.

Há "prainhas"ao longo do rio, onde dá para parar e ir fazer um xixi na água ou ir comprar uns sanduíches e bebidas nuns quiosques. Lamentei não ter levado umas frutas e meus próprios sanduíches - o que a gente comprou era caro e "marromeno".

I was taking some pictures of this boat when the guide who was talking in the microphone pointed at me and all tourists in the boat looked into my direction and started to... taking photos of me ??? I commented about that with my husband who replied: "Well, I guess it is because of the castle behind you !"

Há também barcos de turismo com guias, como esse aí da foto acima. Acho meio chato, ficar sentada num barco ouvindo um guia. Prefiro ler meus guias de turismo em casa e ir pra natureza, com roupa de banho, remando no meu proprio ritmo e parando ou mergulhando quando eu quiser. Aliás, não sei como esse Vale da Dordonha não está coalhado de mais turistas em caiaques. Já meu marido achou "muito cheio" de remadores, pois quando era pequeno e passava férias aqui havia só um ou outro turista remando...
Estava eu então fazendo fotos desse barco aí acima quando o guia diz qualquer coisa no microfone e aponta para mim. Os turistas se levantam e começam a me fotografar. Que isso, o que eu fiz ??? Meu marido: "Estão fazendo é foto do castelo atrás de você !"





This section of the river has undeep waters.

La Roque Gageac.

 
Beynac Castle
It is just spectacular being in the nature, fresh air, sun on your face, paddling along the current, your kids giggling and a succession of grottes and castles and villages penched on hills. Josephine Baker's Les Milandes was like a magic vision - no pics, sorry ! Let's agree with something: it is almost impossible go paddling and taking photos at she same time, right ?

Achei espetacular esse contato íntimo com a natureza, ouvindo o barulhinho da água, o ar super limpo e fresco, remando junto com a corrente suave, os risnhos das crianças atrás de mim no caiaque e essa sucessãoincrível de grotas prehistóricas, castelos, pontes romans e aldeias penduradas nos abismos. O castelo da Josephine Baker, o Les Milandes, me pareceu uma visão mágica, surreal. Infelizmente não fiz muitas fotos do castelos, difícil de manter a mão firme e focar. Vamos combinar o seguinte: ou a gente rema ou a gente tira foto pra blog, okay ?


The Dordogne river is very calm, has many undeep parts and even kids can swim in it without an effort. It is so clean, near the margins you can see your feet (and little fish) on the bottom. I was re-invigorated after this afternoon spent in the river. Just thousands of years of history come back to my mind, going back to pre history. This is an experience I plan to repeat many, many times to come.

O rio Dordonha é calmo, tem muitas partes rasas e até as crianças podem nadar nele sem sustos ou muito esforço. Há muitas plantas aquáticas que se enroscam nos remos e quando nas margens você até vê seus pés e peixinhos. Fiquei completamente revigorada depois dessa tarde no rio. E todos aqueles sítios pre historicos, todos esses castelos que guerreavam uns com os outros durante séculos, tudo disso que já li voltou à minha mente. Quero passear nesses rio muitas vezes mais no futuro !

Really clear indeed !
 
Muito claro mesmo !
 
***
Follow me on Twitter: @AnnaGFH

Friday, September 14, 2012

Bergerac

Bilingual post English / Portuguese

Where was I ? Oh, yes. France. Dordogne. Friday 17th of August, airport of Rotterdam.  It is a small international airport with all the comforts, luxuries and technology of a big one. The Dutch should be proud of it. Arrival in Bergerac less than 2h later. It is just a silo with sand instead of a floor and no belts for the suitcases. Who cares ? It has a big parking lot and is surrounded by fields of sunflowers. The kids had seen my airplane and came running to me, they had so much to tell about the last two weeks. My girl was missing one tooth and my boy had found a little fossil with a shell in grandma's backyard. We drove home and I enjoyed the sun.

The following day hubby and I spent a morning in Bergerac. It is a small city (25.000) and one of three most important in the Perigord area (after Perigueux and Sarlat la Caneda). It is a calm, provincial city. It is mostly known abroad due to the character of Cyrano - who was not even born here !
***
Gente, desculpa pela falta de ritmo aqui no blog. Onde estávamos ? Eu planejo falar um alguns posts um pouco sobre cidades da França que visitei nas férias. Começando por Bergerac, na região da Dordonha. As principais cidades do Perigórd na Dordonha são Sarlat la Caneda (minha paixão) e Perigueux. Só que esse ano preferi não visitá-las e dias depois partimos para o sul da França, na área de Languedoc Rousilhão. Bom, voltando à cidade de Bergerac....  Do aeroporto de  Roterdã  se chega lá em menos de 2h (comparando: de carro seria quase 10 a 12 horas). Cheguei numa sexta e no sábado passei uma comprida manhã com marido em Bergerac. Provincial e calma, com um centro modernizado e uma pracinha fofa, a praça Pelissière, com a Igreja gótica de St Jacques e uma estátua de... Cyrano. Que nem sequer nasceu aqui. Um link para sua estória logo a seguir...
Cyrano, Pelissière Square.  
 
There was once a certain Hector Savinien de Cyrano who was born in Paris (1619). He was a writer and a soldier and because of his really big nose he was frequently the recipient of provocations and duels. And because his father was from Bergerac where he owned land, he added "de Bergerac"later on into his name. He was a writer of relative success in his time, and also very good with his sword. He dueled more than 1000 times and despite the fortune of his family he died very poor. There are speculations that he was homossexual and he had a cousin in a convent called Roxanne who once took care of his wounds. Edmond Rostand was on of the many writers who romanticized his life and called him simply "Cyrano de Bergerac" in a play for the theater.
 
Words, pretty words.  A woman needs pretty words.
 
 
Downtown. Traffic downtown is quite uncomplicated. It has been renewed and the references to the French Republic and hommages to men who died in wars  defending the nation are very present. Les enfants morts pour la patrie...  Les heros...  Sometimes you read on a plaque under a statue the names of several men, with the same family name. Heart breaking. I have to stop reading theses plaques, I am such a freak.
 
 
 O centro de Bergerac foi remodelado de maneira bem inteligente, o tráfego flui fácil e é descomplicado. Referências aos soldados mortos em guerras defendendo a pátria estão por toda a parte, aqui e no resto da França. Com frequência você lê numa placa o nome de família repetido... significando que pai, filho, primo, tio e vários membros de uma mesma família morreram na Primeira guerra. Ou na Segunda. Te dá uma tristeza. Numa guerra só há perdedores, sempre.  
 Names of streets reminding of the WWII are everywhere in France.
 
Pleasant flowers markets.
Mercados de flores no centro.

Downtown Bergerac


Nessa área central há no fim de semana um mercado de rua com muitas roupas e toalhas de mesa com aquela padronagem típica provençal, bem carregada, fantástica. Com azeitonas, girassóis, limões ou flor de lis. Não é cafona, se você souber como se jogar sem medo utilizar. Eu tenho de fundo verde de azeitonas pretas, e também uma em tons rosa/vermelho.  Eu uso a de azeitonas com louça de barro rústica e bem pesada, comprada em Portugal e Espanha e talheres da Tramontina que trouxe do Brasil, com cabo de madeira, e uns copos verdes também meio brutos que eu também trouxe do Brasil, da Tok Stok. A toalha de mesa rosa eu uso com pratos branquinhos e copos de vidro, bem simples. Umas florzinhas poucas e bem branquinhas e... voilà !




The last two vacations in France I had been in Bergerac on a Saturday and in front of this building there was a woman singing Piaf. I haven't seen her this time, but this guy was in "her"place and singing in English. He was French, no doubt. By the way, there are many, many English and French living in France in a second home, maison d' été. Direct flights from London and Rotterdam exist already for a while and you can easily make a difference between the two groups when you see them walking down the streets (but I think the French call both groups just "les touristes anglais". The Dutch are generally bigger, taller and wear their typical sport clothes (men: caki clothes and shoes from Perry Sports and the women Birkenstock sandals and white clothes). Many English women wear flowered dresses when in abroad in sunny countries. Well, I just "feel" if someone is English or Dutch, I guess.

Sempre que passo por Bergerac diante dessa casa há uma mulher cantando Edith Piaf. De preto, toda maquiada e dramática. Esse ano não há vi e no seu lugar estava esse cidadão cantando em inglês. Ele era francês com certeza, mas acho que queria agradar o público estrangeiro. Há muitos, muitos ingleses e holandeses nessa região da França, a Dordonha, que possuem casas de verão por aqui. Já há anos há vôos diretos de Londres e Roterdã para Bergerac. Você vê de looonge quem é batavo (geralmente o "clássico" holandês alto, cabelo louro acizentado, robustos, roupas largas e esportivas, a mulheres usando uma peça do vestuário em branco) ou inglês (crânios longos, magros, tímidos, as inglesas geralmente usam vestidos floridos). Eu simplesmente "sinto"dentro de mim que alguém é inglês ou holandês.  


While my husband was reading his e-mail I photographed him. He looks sooo gringo with these sandals. At least he is NOT wearing them paired with white socks !!! Never.  Buth those sandals are super soft & comfy, I can understand him. I guess if he was American he would wear white socks ??? In Brazil American tourists walk around with similar sandals, white socks and flowered shirts. So cliché.

Gente, um dos itens fundamentais do uniforme de gringo é essa sandália Jesus Cristo. Marido não larga o pé delas, se pudesse tomava banho e dormia assim. Mas ó: não exsite nada mais confortável e firme prá se andar o dia inteiro, viu ? Só não pode usar com meia branca. Meia branca só se usa para jogar tênis.

 
La Place du Marché Couvert. Covered market, great produce every Wed. and Saturdays. Wonderful place for breads, cakes, grilled chicken, quiches and ready meals. I always pay a visit to this fruit-de-mer stall. Madame buys the ingredients and sells the meals her husband prepares. I always chat briefly with her. Here you see her weighting a paella for me. No, paellas are not typical of this area and do not taste like the Spanish ones but this here is quite good.  
 
Mercado coberto de Bergerac. La Place du Marché Couvert. Mercado todas as quartas e sábados. Ótimo para comprar patês, frango assado, tortas salgadas e doces, bolos, peixes, paella e muito mais.. Pois é...  paella não é prato típico da região mas os franceses estão a fazer cada vez mais paellas. Longe da perfeição espanhola, mas essa aí estava muito saborosa. A vendedora me informou que o marido dela é que prepara tudo, ela faz as compras dos ingredientes e a venda.  Eu sempre compro com ela quando vou a cada dois anos à França, sempre bato um papinho.
That Saturday when I arrived the food was almost completely sold already. 
It is a good sign ! Her husband can cook !
 
Os frutos do mar que o marido dela prepara são excelentes.
Comprei um polvo marinado, também estava muito bom.
 
The medieval streets connecting the renovated dowtown area with Place de la Myrpe are full of excellent brocante shops and small bistrots. Place de la Myrpe itself is adorable  (and a stone away from Place de la Pélissière) with left and right very old medieval houses and many many trees. After visiting two brocante shops we stopped here for some ice creams. It is really an adorable square this Place de la Myrpe.  There is, again, a statue of Cryano - this time all in white.
 
Saindo do mercado fomos ver algumas lojinhas de decoração. Há coisas lindas nas lojinhas, brocante de alta qualidade, cadeiras e poltroninhas, bandejas, almofadas, porta-retratos. Muitos bistrozinhos vendendo quiche Lorraine ou torta de nozes para levar. Tomamos um sorvete nessa outra praça qye se chama Place de la Myrpe, muito sombreada e ceraada de casas medievais antiguíssimas. Aí tem uma segunda estátua do Cyrano, mas  essa é toda branquinha.
 
 E todas as vezes que tentei fazer uma foto tinha um pombinho na cabeça da estátua.
 
 
 
These are the medieval houses on the left of Myrpe Square.
 Olha como as casas dessa praça são bem características do período medieval.
 
 
Place de la Myrpe.
Hehe... sympathique, ça !
 
 
Place de la Myrpe, some chambres d'ôtes (bed & breakfast). This one was recommended by prestigious Guide du Routard during years in a row. And this year there is this artistical  piece in front of it.  
Contornando essa pracinha tem também um par de chambres d'ôtes (quartos para alugar, com café da manhã).  Esse foi recomendado pelo Guide du Routard durante anos seguidos e tinha essa composição artística na porta. Bergerac é isso: fofa e calma, com muitos produtos para se levar para casa, e lindas praças. À noite também é animada durante o verão com muitas opções de bistrots. Você pode estacionar perto do porto antigo e caminhar todo o centro da cidades sem dificuldades. Nos próximos posts tem mais sobre outras cidadezinhas francesas !
 
 
 
Um aviso: "Obrigada por não tocar esse manequim (frágil). - Betty" 
 
"Thank you not to touch" ?
Well, more Engrish to come here in this blog,  French style... 
Franglais maybe. laughwink
 
****
That was Bergerac in a nutshell.
I also recommend to visit it in the evenings and around the harbour area.
****
Thanks for following my blog.
Follow me also on Twitter: @AnnaGFH