Sunday, November 11, 2012

Uzès

Post in English & Portuguese


Uzès. I have found it maybe too much restored, and less authentic than Sommières, for example. It is beautiful, very very bautiful anyway. Very latin archictecture, clean. With a glorious past this is the oldest duché of France: the castle has more than a thousand years.
Uzès tem um ar bem feminino, delicado e está em excelente estado de conservação. Parece que toda sujeirinha na rua foi aspirada, todas as ruas e prédios lavados, encerados e polidos. Nos trinques mesmo. Nem um insetinho que seja.  Isso atrai muitos turistas, sem dúvida, mas também retira um pouco a autenticidade e patina que os anos empregam à uma arquitetura.
A cidadezinha é lindíssima, não me interpretem mal. Aliás, segundo o Guide du Routard, é a cidade mais linda da França.

Na praca central, algumas das minhas lojas favoritas com linho: Le Blé en Herbe e Blanc du Nil. Marido adora, minha filha também. Do dinheirinho que ganhou da avó durante as férias a única coisa que comprou foi uma saia em pontas da Blanc du Nil, num desconto irresitível.

Adorable brands: Le Blé en Herbe and Blanc du Nil.
Many discounts.
Extra adorable.
After the shop in the post of Aigues-Mortes this gets a second place in my personal list of "ever favorite shops during vacations 2012". Again... THAT floor !


And this shop also had the most perfect calissons, bien sûr... 

E essa loja tem, é claro, os calissons mais perfeitos.
Dê uma olhadinha no post da Anatê sobre calissons aqui.

My little girl was seriously interested in several objects in brocante shops. She knows she cannot pick up things and should  just admire them with the eyes, not with the hands. But she gets puzzled when I touch something. She is very careful, luckily.

Eu realmente adoro quinquilharia francesa. Objeto com ferrugem, lascado, desbotado ou desbeiçado... adoro ! Nisso eu não fui influenciada pelos meus pais, amigos, nem  marido ou ambiente educacional ou profissional. Gosto, admiro brocanterie na minha casa misturada com móveis modernos e ponto final. Infelizmente sou uma curta de grana e não tenho como pagar por tudo que gosto, encher uma caminhão e mandar para a Holanda. Aliás, aqui na Holanda o pessoal gosta mesmo é de elementos orientais nos interiores, ou étnicos. Até objetos africanos (máscaras, totens,mão de fátima,  etc.) já vi. Apesar de isso estar diminuindo bastante, e mais revistas especializadas(ex. Ariadne At Home)  fazerem sucesso com estilo campesino / shabby chic / country, etc.  Muito branco, muito coração, toile de jouy, antiguidades, talheres de prata, porcelana, etc.) .  Mas eu gosto mesmo é de uma misturinha: antigo - contemporâneo.

 
I am always very curious about how life goes behind such stunning doors.
Fala sério, essas portas são lindas de matar não é não ? De matar ! Eu fico só imaginando do que essas portas já foram testemunhas durante os séculos que passaram...


A minha vilinha onde moro na Holanda tem um par de estabelecimentos comerciais com esse tipo de plaquinha medieval. Pena que mais e mais gente não se interesse por esse tipo de ornamentação para sua lojas. Agora uma coisa que existe na Holanda e não vi por aqui são plaquinhas ovais de porcelana (porcelain enamel) com o nome do proprietário na porta. Mas bom, essas plaquinhas francesas são um super charme, dêem uma olhada nessas que vi por Uzès:
The Medieval Garden. I found the entrance tickets too expensive, as everything else in Uzès.
It is a pretty small garden, so just a pic from the entrance door to the garden:


Charming passages, every stone in this city tells many stories.

And what do we spot there at the end of this narrow passage ?


The castle of the Dukes d'Uzès. 18euros per person ??? Oh-la ! Ça c'est du vol, ça. Au secours !
I will never pay that, completely absurd. Just some pics from the patio and façades, that's all.

Passado o portão de entrada para o pátio há um guichê onde se pode comprar os tíquetes de entrada. Mas a 18euros por pessoa... não, definitivamente não. Muito caro se comparado a outras visitas que já fiz a muitos outros castelos por menos da metade do preço. Algumas fotos da fachada, do pátio e só.
Ainda no pátio interior do castelo tinha essa passagem cercada por dois vasos de Anduze. Eu já falei da importância e beleza deles num post anterior AQUI, lembram ?



General view.

Gente 18 euros por pessoa é um roubo ! E não é o castelo todo, ah não. Era só uma parte, e isso eu li no Guide du Routard mais tarde. Quando visitei o castelo de Vieille Ville paguei 8 euros por cabeça e visitei tudo, já achando que era um preço nada barato. Agora... 18euros por esse ? Esquece.

 
L'Hotel de Ville (XVIII)
St Theodorit Cathedral. Attached to it there is a towers: La Tour Fenestrelle.

The Fenestrelle Tower (XII century). Not possible to visit the interiors. Very Italian.

And some meters away from the Tower you have the amazing views of the fields surrounding Uzès. This village (8000 souls) is really amazing. Almost unreal.


Sim Uzès é belíssima. Tudo muito limpo, polido, brilhando, quase irreal.
***
Quem segue esse blogueto sabe que eu adoro um toque de irreverência anônima nas ruas, uma instalação artística - profissional ou amadorística... pouco importa. Vai aqui uma fofurinha para encerrar a postagem sobre Duzès:


And to finish this post something super cute:
 

Very cute !
Ai que cuticuti ! Fofis, muito fofis.
*****

Follow me on Twitter: @AnnaGFH

No comments: