Monday, September 17, 2012

The Dordogne River

Bilingual post, English -Portuguese.

When in the Dordogne region I suggest you go... canoeing along the Dordonge river ! To be exactly, in the Perigord Noir (called "black" because of its dense florests. And yes, there is a green, purple & white Perigord as well, haha).  It takes aproximately 4h at an ease pace. Especially in the little city of Le Bugue, there are signs everywhere about where to park your car and when the departures (with a bus) happen. We had already for years some folders at home, describing the route, prices, schedules. My husband was waiting my little girl to becom 6 years old and getting her swimming diploma before we could go canoeing in France.

Se você tiver algum dia na vida planos para visitar a região da Dordonha na França, sugiro que faça um passeio de caiaque pelo vale do rio Dordonha, mais especificamente no Perigord Noir ("negro" por se área de densas florestas.  E também há um Perigord verde, púrpura e branco, hehe !). O passeio dura umas 4h se você remar num ritmo tranquilo. Especialmente na cidadezinha de leBugue, há muita sinalização e publicidade sobre esse passeio. Em qualquer vilazinha se você visitar um centro de turismo há vários folhetinhos sobre esse tipo de passeio, indicando aonde ir de carro para estacionar, os preços e horários de sáidas dos ônibus. O ônibus leva os turistas afoitos ao longo do rio até o ponto onde os caiaques estão. Dali você tem que voltar remando até aonde seu carro está estacionado.  Meu marido já tinha vários folhetos em casa e estávamos esperando o dia que minha menina completasse 6 anos e tirasse o diploma de natação para podermos fazer esse passeio.  



 The kids were surprised the French call this type of boat "canoe"and not a kayak.
 
 As crianças comentaram que o que na Holanda se chama "caiaque" na França se chama "canoa". E em portugues há os dois, não ? Nem saberia dizer qual a diferença entre um e outro.
 
 
This afternoon spent in water was calm and of great beauty. I just got another perpective of the area I already knew so well from the margins. Suddenly, after the roman bridges and florest the landscape changes and what you see is a succession of grottes and prehistorical site, castles (5) and villages made of the stones from the hills.

A "viagem"é tranquila e linda, ao longo de florestas nas margens. De repente a paisagem muda e o que se vê é uma sucessão de sítios e grotas prehistóricas e castelos medievais (cinco no total). Aliás esse passeio também é chamado de "rota dos cinco castelos". Bom, depois que a gente mais ou menos já tinha passado pelos castelos e já tinha comido e feito vários xixis as crianças queriam chegar logo e remamos num ritmo bem mais rápido sem parar durante uma hora.

Há "prainhas"ao longo do rio, onde dá para parar e ir fazer um xixi na água ou ir comprar uns sanduíches e bebidas nuns quiosques. Lamentei não ter levado umas frutas e meus próprios sanduíches - o que a gente comprou era caro e "marromeno".

I was taking some pictures of this boat when the guide who was talking in the microphone pointed at me and all tourists in the boat looked into my direction and started to... taking photos of me ??? I commented about that with my husband who replied: "Well, I guess it is because of the castle behind you !"

Há também barcos de turismo com guias, como esse aí da foto acima. Acho meio chato, ficar sentada num barco ouvindo um guia. Prefiro ler meus guias de turismo em casa e ir pra natureza, com roupa de banho, remando no meu proprio ritmo e parando ou mergulhando quando eu quiser. Aliás, não sei como esse Vale da Dordonha não está coalhado de mais turistas em caiaques. Já meu marido achou "muito cheio" de remadores, pois quando era pequeno e passava férias aqui havia só um ou outro turista remando...
Estava eu então fazendo fotos desse barco aí acima quando o guia diz qualquer coisa no microfone e aponta para mim. Os turistas se levantam e começam a me fotografar. Que isso, o que eu fiz ??? Meu marido: "Estão fazendo é foto do castelo atrás de você !"





This section of the river has undeep waters.

La Roque Gageac.

 
Beynac Castle
It is just spectacular being in the nature, fresh air, sun on your face, paddling along the current, your kids giggling and a succession of grottes and castles and villages penched on hills. Josephine Baker's Les Milandes was like a magic vision - no pics, sorry ! Let's agree with something: it is almost impossible go paddling and taking photos at she same time, right ?

Achei espetacular esse contato íntimo com a natureza, ouvindo o barulhinho da água, o ar super limpo e fresco, remando junto com a corrente suave, os risnhos das crianças atrás de mim no caiaque e essa sucessãoincrível de grotas prehistóricas, castelos, pontes romans e aldeias penduradas nos abismos. O castelo da Josephine Baker, o Les Milandes, me pareceu uma visão mágica, surreal. Infelizmente não fiz muitas fotos do castelos, difícil de manter a mão firme e focar. Vamos combinar o seguinte: ou a gente rema ou a gente tira foto pra blog, okay ?


The Dordogne river is very calm, has many undeep parts and even kids can swim in it without an effort. It is so clean, near the margins you can see your feet (and little fish) on the bottom. I was re-invigorated after this afternoon spent in the river. Just thousands of years of history come back to my mind, going back to pre history. This is an experience I plan to repeat many, many times to come.

O rio Dordonha é calmo, tem muitas partes rasas e até as crianças podem nadar nele sem sustos ou muito esforço. Há muitas plantas aquáticas que se enroscam nos remos e quando nas margens você até vê seus pés e peixinhos. Fiquei completamente revigorada depois dessa tarde no rio. E todos aqueles sítios pre historicos, todos esses castelos que guerreavam uns com os outros durante séculos, tudo disso que já li voltou à minha mente. Quero passear nesses rio muitas vezes mais no futuro !

Really clear indeed !
 
Muito claro mesmo !
 
***
Follow me on Twitter: @AnnaGFH

No comments: